Linhas de água do concelho de Seia vão ser recuperadas

A Câmara de Seia, as Juntas de Freguesia e as Organizações de Produtores Florestais, URZE – Associação Florestal da Encosta da Serra da Estrela, Caule – Associação Florestal da Beira Serra e CAPBC – Cooperativa Agro- Pecuária da Beira Central C.R.L., vão recuperar as margens de diversas ribeiras e do rio Mondego no concelho.

Os trabalhos de limpeza das Linhas de Água vão ser executados no âmbito do PRODER – Programa de Desenvolvimento Rural, ao abrigo das ações de Promoção do Valor Ambiental dos Espaços Florestais – Manutenção e Recuperação de Galerias Ripícolas, uma candidatura submetida pelas referidas organizações, enquanto Entidades Gestoras de Zonas de Intervenção Florestal.

O projeto de intervenção abrange uma área de 127,04h e incide na recuperação e proteção de galerias ripícolas dos cursos de água do rio Mondego e em troços das ribeiras de Alvoco, Piódão, Gondufo, Balocas, Girabolhos, Tourais, Crestelo, Vodra e Teixeira. Entende-se como “Galerias Ripícolas, as espécies lenhosas arbóreas e arbustivas associadas às margens de um curso de água.

No âmbito das intervenções estão previstas uma desmatação seletiva, com eliminação de silvas, tojos, giestas e outras arbustivas numa faixa de 10m para cada lado das linhas de água, a eliminação de árvores caídas e com crescimento no leito, entre outros.

A implementação do projeto permitirá assim controlar os processos de erosão, em zonas degradadas ou risco de erosão acentuada localizadas em áreas submetidas ao regime florestal ou com elevada suscetibilidade à desertificação, recuperar paisagens notáveis e galerias ripícolas representativas da bio região onde estão inseridos corredores ecológicos.

Muito embora, o projeto de intervenção seja manifestamente positivo, pelos motivos apresentados, a Câmara lamenta que o mesmo não seja passível de ser implementado no Parque Natural da Serra da Estrela, deixando de fora áreas com necessidades de intervenção, por condicionalismos da candidatura.

Esta ação irá permitir a gestão e valorização de um dos nossos principais ativos, as linhas de água, permitindo desta forma o desenvolvimento de ações múltiplas, que vão desde a valorização ambiental ao aproveitamento económico.

Fonte: C.M.Seia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s