Centro Interpretativo do Vale Glaciar do Zêzere abre em março

A abertura do Centro Interpretativo do Vale Glaciar do Zêzere, em Manteigas, deverá acontecer no dia 4 de março, Dia do Concelho.
De acordo com informação avançada no último Boletim Municipal, o equipamento está praticamente concluído, nomeadamente «o processo de organização dos conteúdos interativos e multimédia». O Boletim adianta também que «a principal atração do Centro Interpretativo será um simulador que recria uma viagem de balão/dirigível ao longo do Vale Glaciar do Zêzere. Um passeio onde o visitante se deslocará virtualmente sobre a área, património natural, com uma extensão de 13 quilómetros, com pontuais recuos no tempo, saltos de milhares de anos, para, com o recurso a representações três dimensões, melhor se compreender o fenómeno de glaciação». É referido que «o Centro Interpretativo contará ainda com duas janelas para Manteigas (presente e passado), quadros interativos sobre a fauna e flora predominantes no Vale, um módulo sobre os percursos pedestres e a narração de uma história relacionada com a atividade florestal (antiga Casa do Guarda florestal) num cenário criado em torno da lareira existente no edifício». A autarquia acredita que «será fácil perceber que valeu a pena o investimento, a espera e a aposta em dotar Manteigas de um equipamento único na região e que funcionará como excelente meio de captação de visitantes e de divulgação do território e suas potencialidades». Depois da implementação de todo o equipamento haverá uma fase de testes, para que tudo esteja a funcionar, devidamente, na altura da abertura ao público.

Jornal A Guarda

12 Kms Manteigas – Penhas Douradas

12 Kms Manteigas - Penhas Douradas - Imagem WEB

PROVA DE MONTANHA | BTT UP-HILL | CAMINHADA
03 de março 2013

INFORMAÇÕES
Telf.: 275 980 000
Telem.: 962 073 828 | 964 579 106
URL: www.cm-manteigas.pt

INSCRIÇÕES
http://manteigas.terrasdeaventura.net

TROFÉUS
15 Primeiros da Geral
5 Primeiros de cada Escalão
5 Melhores Equipas
Vencedora Feminina

PRÉMIO DE PARTICIPAÇÃO
T-Shirt – Saco de Bolos Tradicionais

NOTAS
A ausência do atleta premiado da cerimónia de entrega de prémios entende-se como dispensa do prémio conquistado revertendo o mesmo para a organização.
Os Prémios Monetários devem ser reclamados mediante a apresentação do Cartão de Contribuinte e Bilhete de Identidade.

No cimo da serra da Estrela já não se ouve o coaxar do sapo-parteiro

sapo-parteiro

Sapo-parteiro

O alerta foi dado em 2009. Ibone Anza passeava-se na serra da Estrela e, numa das zonas do planalto superior, a investigadora do Instituto de Investigação de Recursos Cinegéticos, na Cidade Real, em Espanha, encontrou sapos-parteiros mortos junto a uma lagoa. Quando se analisaram os cadáveres, descobriu-se que estavam infectados com um fungo que causa uma doença – a quitridiomicose – que é responsável pelo declínio de muitas espécies de anfíbios.

Continuar a ler no jornal Público